Quando indicar a densitometria óssea?

A densitometria óssea é uma ferramenta que auxilia na quantificação da massa óssea. É uma medida objetiva que fornece o grau de resistência do osso a impactos da rotina diária. Existem variáveis que podem interferir no resultado, tais como presença de osteófitos na coluna ou no quadril que somam densidade. Neste caso, a massa óssea é estimada a maior. Levando-se em consideração que o resultado da densitometria óssea isoladamente não é capaz de definir o diagnóstico de osteoporose, o exame só deve ser indicado nos casos a seguir.

Todos os pacientes, sem distinção de sexo
Com fraturas por fragilidade
Em uso de medicações de risco para a diminuição de massa óssea*
Com doenças ou condições relacionadas à perda de massa óssea**
Considerados para a terapia farmacológica
Para o monitoramento de tratamento
Mulheres Homens
Com 65 anos ou mais Com 70 anos ou mais
Em transição para ou pós-menopausa antes dos 65 anos que apresentem fatores de risco, como:
Baixo peso corporal;
Fratura prévia;
Em uso de medicações associadas com a baixa massa óssea ou a perda óssea;*
Doenças ou condições relacionadas à perda de massa óssea.**
Com menos de 70 anos que apresentem fatores de risco, como:
Baixo peso corporal;
Fratura prévia;
Em uso de medicações associadas com a baixa massa óssea ou a perda óssea;
*Doenças ou condições relacionadas à perda de massa óssea.**

*Uso prolongado de medicações associadas com a baixa massa óssea ou a perda óssea, como anticonvulsivantes, corticoides e hormônios tireoidianos.

**Doenças ou condições relacionadas à perda de massa óssea em órgãos, como tireoide, paratireoide, fígado e rins.

Importante ressaltar que a densitometria óssea não deve ser solicitada para mulheres antes da menopausa, com exceção dos casos de doenças que possam afetar o metabolismo ósseo, tais como, hiper e hipoparatireoidismo, doença renal crônica, entre outras.

Referências
  • International Society for Clinical Densitometry. 2015 ISCD Official Positions – Adult. United States: ISCD; 2015. Disponível em: https://www.iscd.org/official-positions/2015-iscd-official-positions-adult/. Acesso em: 3 maio 2019.
  • Michael LE. Overview of dual-energy x-ray absorptiometry [Internet]. Waltham (MA): UpToDate Inc.; 2017. Disponível mediante login e senha em: <https://www.uptodate.com/contents/overview-of-dual-energy-x-ray-absorptiometry>. Acesso em: 3 maio 2019.
  • BRASIL. Secretaria de Atenção à Saúde. Aprova o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas da osteoporose. Portaria n. 224, de 26 de março de 2014. Lex: Coletânea de Legislação e Jurisprudência. 2014 mar/abr;1-22. Legislação Federal e Marginália.