Quais são os tratamentos para a insuficiência venosa crônica?

O tratamento da insuficiência venosa crônica (IVC) busca aliviar os sintomas, tratar e prevenir complicações. Pode ser dividido em clínico e cirúrgico, e algumas medidas comportamentais também podem ajudar. É importante explicar para o paciente que é uma doença cíclica, ou seja, o tratamento nem sempre é curativo. É preciso seguir as medidas de prevenção.

Venotônicos

Veja os medicamentos disponíveis para o tratamento da IVC:

Diosmina + hesperidina – 450 mg + 50 mg

  • Dose = 1 cápsula de 12 em 12 horas;
  • Não é recomendado o uso pediátrico;
  • Não há dados de risco para portadores de insuficiência renal ou hepática e lactantes;
  • Categoria de risco na gestação: B.

Diosmina + hesperidina – 900 mg + 100 mg

  • Duas apresentações: comprimido e sachê;
  • Dose = 1 cápsula ou sachê por dia;
  • Recomendações similares ao 450 mg + 50 mg.

Cumarina + troxerrutina – 15 mg + 90 mg

  • Dose = 1 cápsula de 12 em 12 horas;
  • Contraindicado para portadores de insuficiência hepática;
  • Não é recomendado o uso pediátrico;
  • Reações adversas: aumento de enzimas hepáticas.

Dobesilato de cálcio – 500 mg

  • Dose = 1 cápsula de 8 em 8 horas;
  • Não é recomendado o uso pediátrico;
  • Não é recomendado para portadores de insuficiência renal ou hepática e lactantes;
  • Categoria de risco na gestação: B.

Castanha-da-índia – 500 mg

  • Dose = 1 cápsula de 8 em 8 horas;
  • Recomendações similares à dismina + hisperidina;
  • Uso permitido a partir de 10 anos;
  • Raramente podem ocorrer prurido, náusea e irritação gástrica.
Referências